quinta-feira, 14 de outubro de 2010

num canto qualquer do coração


- Por que você me trata assim?
- Porque eu sei que você merece, de algum jeito eu sei.
- Mas eu não quero ninguém. Não quero me prender e nem prender ninguém a um sentimento tão tenso e pesado. O amor é para poucos, é pra quem é medroso, pra quem tem medo de ficar sozinho, pra quem é dependente. Eu me basto, não preciso de ninguém pra dividir a minha vida.
- Medroso é quem tem medo de amar, de se prender e perceber que precisa sim daquela pessoa pra ser mais feliz. Medo de sentir uma necessidade enorme de ver um sorriso, mesmo que ele não se abra exatamente pra você. Olha, eu me basto sim, mas prefiro depender, pelo menos um pouco, de você, do balanço do seu cabelo, do jeito que você mexe o nariz quando fica com vergonha e do jeito que você levanta a sobrancelha quando fica com raiva.
- Mas eu não to nessa, e ai você sofre. Amor pode até ser isso que você disse, mas se você não écorrespondido, você sofre.
- Amor, o de verdade, que fique claro, pode até nos deixar tristes um tempinho, mas só de saber que mesmo assim de longe o ser amado está bem, já deixa uma coisa boa no peito.
- Mas você ainda não me fez entender o porque ainda me trata bem e com carinho. Você sabe que eu fico com vários carinhas e que não tenho a menor pretensão de namorar com ninguém.
- Não tem o que entender, só sentir. Eu vejo nos seus olhos essa necessidade de ter alguém que cuide de você, que diga o quão importante você é. Que te faça sentir protegida por meio de um abraço ou um olhar. Que te pegue pela cintura, te levante bem no alto e te faça rir. Que faça você se sentir uma criança e já no instante seguinte te faça se sentir a mulher mais bela. Todo ser humano quer isso pra si, mas só os corajosos expõem essa mesma necessidade. Triste é aquele que tem medo de gritar isso pro mundo. Essa loucura de estar sempre com uma pessoa diferente, pra mim é um atestado de carência. Lá no fundo, num canto qualquer do coração de todo ser humano, existe um ser que necessita de um outro semelhante pra crescer, amadurecer e aparecer, ficar bem de fato, feliz. Se você não se dá o devido valor, se não respeita seus próprios limites, como vai querer que alguém te respeite? Eu vejo em você o que eu quero como família, o que eu preciso pra mim, se você não quer, eu te respeito, não insisto. Tenho muito o que viver, mas nem por isso eu vou te maltratar ou matar esse amor. Eu tenho dentro de mim um sentimento enorme, um amor sem medidas, tamanho, não posso e nem quero prender ele aqui dentro. Se não for você a pessoa a quem vou dedicar boa parte desse sentimento, por opção sua, não vai ser esse o motivo para que eu te maltrate.
- Talvez seja bem isso, mas eu ainda não me convenci dessas coisas que você disse.
- E talvez você só perceba isso quando encontrar esse amor perdido dentro de você, o amor que é necessário pra você amar o próximo, o amor próprio.

7 comentários:

Keylane Lima disse...

Ahh obrigada por me seguir também. Adoro os textos q vc posta.
Pois é ando secando as lagrimas porque na verdade elas cansaram de cair.;
Fica com Deus você também..
beijinhosss
=*

Ariana disse...

"Essa loucura de estar sempre com uma pessoa diferente, pra mim é um atestado de carência. Lá no fundo, num canto qualquer do coração de todo ser humano, existe um ser que necessita de um outro semelhante pra crescer, "

Assino embaixo flor, essa é uma maneira de camuflar toda uma vontade de estar com alguém, de ser amado e ser deixar amar!

Texto maravilhoso, como sempre!

Beijos,
Sumiu do blog! =/

Isa G. disse...

Nossa! Adorei esse texto porque é bem real. Tem pessoas que sentem e mostram o que sentem sem vergonha alguma de parecer ridículo. Já outras sentem e preferem fingir que não ou criam uma armadura pra não sentirem! E eu odeio isso. Odeio tudo que é barreira, proteção sentimental! Parabéns! Gostei muito, muito! Beijos

Bianka disse...

Adorei, adorei e adooorei. To seguindo e amando. (:

Bianka disse...

Adorei, adorei e adooorei. To seguindo e amando. (:

Bianka disse...

Adorei, adorei e adooorei. To seguindo e amando. (:

Camila Oliveira disse...

aaaaaaaaaaau, mto lindo *_*
amo seu blog, bjs

Related Posts with Thumbnails
Licença Creative Commons
This obra by Camila Milano is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compatilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
Based on a work at camilamilano.blogspot.com.