quinta-feira, 22 de julho de 2010

pedaços de nós dois



Eu ainda não sei bem o que você procura, mas sei bem o que posso oferecer. Eu não sei se vai ser o suficiente pra você, mas eu espero tenho certeza que sim , porque você é exatamente o que eu preciso, exatamente o que quero. Teus defeitos podem ser modelados junto aos meus, assim nos resolvemos. Todos somos imperfeitos. Temos rebarbas, cortes errados, rasgados, quebrados, rachados e cacos até. Mas tento comparar o amor a uma lixa e uma cola. Sim , uma lixa e cola . Algo que com muita delicadeza vai modelando o ser amado e ajudando a colar as partes que a vida foi quebrando e rachando com suas pancadas e porradas. Não quero modificar-te por inteiro, na verdade, acho que so uma pontinha ali, bem pequena, que ainda me machuca. Quero fazer com que todas tuas partes sejam coladas, claro. Mas eu sem bem a dificuldade, me olhei no espelho hoje de manhã e me vi assim, deformada, cheia de pontas que podem te ferir a qualquer momento, também percebi uns pedaços meus pela casa. Por isso eu te peço ajuda. Ajuda pra me modelar, modelar aquelas pontinhas que eu nem percebo porque estão tão escondidas que acabo esquecendo ou nem vejo mesmo. Me ajuda a colar o que está no chão, amor. Pontas e irregularidades que eu quero lixar, eu preciso até, sei bem. Mas preciso da tua ajuda.
Quero que me guie também na hora de eu lixar as tuas rebarbas, tuas sobras que as vezes me espetam, doem. Bem, eu sou distraída boa parte do tempo, as vezes um tanto quando bruta, eu sei. Por isso, me ajude com a intensidade. Se eu estiver indo depressa demais ou até mesmo indo com muita força, me diga. Eu não quero te machucar. Não quero ter em meus pensamentos o teu sofrimento, pois o teu choro é também meu. E eu também não quero colar nenhum pedaço errado. Me diz, por favor!
Algumas das menores falhas em ti, aquelas que nada te afetam ou te machucam, podem ser justamente aquelas que mais doem. Porque, pense bem, estamos lá durante a tarde, bem, juntos e felizes; quando sem que eu espere, esbarro nesse cotoquinho de nada. Que susto! Que dor! Ai parece que tudo se desestabiliza. E não quero isso pra gente. Quero nossos melhores sorrisos, nossos melhores abraços, o nosso melhor enfim.
Então, como em uma relação madura, vamos juntos?
Nada drástico. Tudo ao seu tempo, calmamente, vagarosamente, mas juntos e com a lixa certa, a do amor. E com a cola da paciência, a Santa Paciência! Só o fato de estarmos dispostos a mudanças, já é o começo.Conseguir ou não, não é exatamente o ponto. Temos o principal, o sentimento, o amor.
O resto? Bem, isso a gente vai vendo, aos poucos. Vamos vendo os toquinhos e as grandes rebarbas, os caquinhos e os enormes pedaços bem ali. Temos uma vida todas juntos, eu sei que a gente consegue. Eu acredito nisso. Então, vamos começar agora?

hey, te amo! Me cuida daí, que te cuido daqui.
Beijos com saudades, daquela que tanto te ama.

ps: volta logo pra podemos viver o melhor da vida. O melhor de nós dois! Vem pra que possamos nos construir, nos modelarmos, vem pra ser mais feliz. Pra fazer do eu e você um único nós.

8 comentários:

Pelo amor ou pela dor .. ! * disse...

"vem pra ser mais feliz. Pra fazer do eu e você um único nós." .. Que texto lindo, parabéns ♥

Isa G. disse...

Que texto lindo, Camila!!! Nossa..rs...em várias partes eu viajei aqui...imaginando cenas :)
bjoss e continue fazendo esses textos maravilhosos

Camila Paier disse...

Flor, que texto lindo! Romântico, adoooooro. Mexeu aqui, dentro de mim.
Algo que eu queria dizer, se possível - ou melhor, na hora certa.
Um beijo!

Kamila Rodrigues disse...

Lindo Blog!
tô seguindo :D

- disse...

Nossa muito perfeito. Me descreveu por inteiro, mil beijos e siga assim, você esta otima ! ;***

A! disse...

"Me cuida daí, que te cuido daqui."
Sério, achei essa frase o MÁXIMO. Não sei porque, mas achei, rs.

Fora a doçura que é esse blog aqui. Gostei mesmo! hihi

- Mateus Bernstein disse...

amor é acima de tudo diálogo, compreensão, respeito. é bem isso que o texto diz, mas de uma maneira doce e singela. parabéns!

Ellen Damaris disse...

o amor é assim desse jeito que vs falou ! me senti tão presente nos seu texto ! mas falto alguem !
quero um amor assim ! sucesso !
beeijos

Related Posts with Thumbnails
Licença Creative Commons
This obra by Camila Milano is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compatilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
Based on a work at camilamilano.blogspot.com.